Petrópolis Gourmet celebra sua 17ª edição

A próxima edição do festival gastronômico Petrópolis Gourmet celebra a volta às origens, numa viagem pela história da Região Serrana do Rio de Janeiro, e 44 restaurantes revisitam a culinária do século XIX para celebrar a boa mesa.

A cidade de Petrópolis recebe, entre 11 de 20 de novembro, a 17ª edição do Petrópolis Gourmet. Este ano, o principal evento de gastronomia da Serra Fluminense contará com 44 restaurantes participantes, espalhados pelos diversos bairros e distritos do município. O tema escolhido para o festival este ano foi “De volta às origens”. A ideia apresentada, e logo abraçada pelos chefs, foi valorizar os produtos que eram consumidos na região ainda durante o século XIX, revisitando pratos que vieram para o Brasil junto com a colonização europeia.

Desta forma, nas mesas do Petrópolis Gourmet, estarão, lado a lado, os sabores que fizeram a história da região por meio da abertura da Estrada Real e as culinárias portuguesa, alemã e italiana. Para a confecção dos menus, que contarão sempre com entrada, prato principal e sobremesa, não foram listados ingredientes obrigatórios. No entanto, a condição apresentada aos chefs foi que usassem produtos existentes neste período de formação da cidade, como banana, pêssego, mel, frango, caça, suíno, embutidos, feijão, aipim, fubá, verduras e legumes.

A intenção é fazer, ao mesmo tempo, um passeio pela história e cultura da região e um resgate ao que hoje classificamos como “comida de verdade”, aquela que se encontra no quintal de casa, sem um processo pesado de industrialização por trás. “O tema é maravilhoso. Ele, em si, já traz um valor agregado, essa coisa de se valorizar a comida desde o campo até a mesa. A gente quis mostrar esse retorno à tradição da cidade na gastronomia”, comenta Samir El Ghaoui, presidente do Petrópolis Convention & Visitors Bureau, que coordena o evento.

Vários eventos paralelos acontecem durante os dez dias de festival. Entre eles, o Mercado Gourmet, montado no Shopping Vilarejo, no distrito de Itaipava, que funcionará nos finais de semana do Petrópolis Gourmet, nos dias 11,12, 18 e 19 de novembro. O espaço, fruto de uma parceria com o Pólo de Orgânicos do Sebrae-RJ, contará com comercialização dos produtos da gastronomia local, desde hortaliças até pães, passando por geleias, mel e matérias-primas que sejam a marca da mesa Serrana. A ideia é valorizar os produtores rurais da região, os grandes responsáveis por abastecer todo o Estado do Rio com uma variedade enorme de hortifrútis e produtos orgânicos no geral.

Quem for conferir o festival, ainda poderá participar das oficinas gastronômicas, que também ficarão concentradas no Shopping Vilarejo. As aulas serão ministradas por chefs estrelados do Rio e de Petrópolis, como Danio Braga, Barão Vieira, Ana Salles, Fred Tibau, Monica Sangali, Ricardo Gonzales e Javy Larroquet.

Para completar a agenda do festival, a cereja do bolo: uma homenagem ao compositor erudito italiano Gioachino Rossini (1792-1868), que será tema de uma oficina ministrada pelo chef Danio Braga. Mas o que o autor do clássico “Barbeiro de Sevilha” teria a ver com um festival de sabores? É que, além de gênio da música, Rossini, um grande apreciador das trufas, se dedicou à gastronomia durante boa parte da sua vida. Ele criou pratos cultuados até hoje e, ao mesmo tempo, seu nome batizou menus de grandes chefs da época, dos quais ficou amigo. Essa iniciativa surgiu de uma parceria do Petrópolis Gourmet com o Instituto Municipal de Cultura.

O Petrópolis Gourmet também contará com uma proposta social dentro de sua programação. Grande parte dos 44 restaurantes participantes do evento aderiu ao projeto “Cardápio Social”, que consiste na doação, por parte do consumidor, de R$ 2 sobre o preço do menu, que serão destinados para instituições da cidade. A iniciativa é fruto de uma parceria com o Instituto da Criança.

Chefs do Petrópolis Gourmet reunidos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *